Review: Grimm 2×01/02 – Bad Teeth [Season Premiere] / The Kiss

E não é que Grimm ficou realmente interessante!

Antes de falar sobre o episódio, falarei rapidamente sobre as impressões que tive com a 1ª temporada da série. Em suma, a temporada parecia ter apenas fillers até o episódio 15, e se ela tivesse terminado por aí, eu abandonaria a série sem grandes problemas, mas como ela evoluiu nos episódios seguintes, dei uma chance à ela e não me arrependi. Grimm voltou mais madura, mais interessante e com menos erros bobos. Há ainda muito o que melhorar, mas houve um grande avanço e espero que continue assim.

Como os dois episódios giraram praticamente sobre a mesma história, falarei dos dois como se fossem um só. Começando pela mãe de Nick, creio que ninguém confiou nela totalmente (cheguei a pensar que ela era uma pessoa se passando pela mãe de Nick – e ainda não descartei essa possibilidade-) e estávamos corretos, afinal ela mentiu para ele e permanece na cidade (qual o nome mesmo?) por motivos ainda desconhecidos e espero que saibamos quais são esse motivos o mais rápido possível. Mas antes de fingir que deixou a cidade, Kelly mostrou a que veio: derrotou Kimura, partiu para cima de Monroe, limpou a casa, matou a mãe de Adalind… Enfim, fez o bastante para deixar sua marca na série e gostaria conhecer um pouco mais da personagem.

Uma das coisas que me desagradou na Season Finale da temporada passada foi o fato de não ter sido mostrado nada sobre o Capitão Renard, mas ainda bem que não enrolaram para mostrar algo sobre ele: Rennard é um príncipe. Mas não por completo, parece que ele é um híbrido e isso aguça a minha curiosidade para a seguinte questão, qual Wesen o capitão é? Não sei se estou correto, mas se estiver, gostaria que nos mostrassem isso ainda nesta temporada.

Ainda falando na realeza, o irmão do Capitão deve ser a mais nova (e maior) pedra no sapato de Nick. Não sei se foi pela pouco tempo em tela ou pela falta de talento mesmo, mas o ator não conseguiu me convencer como um vilão e estou torcendo para que essa sensação seja passageira.

E a primeira coisa que o novo vilão fez foi mandar o Mauvais Dentes para ir atrás de Nick. E posso dizer que ele é, até então, a criatura mais sanguinária que passou pela série, juro que vi mais sangue na Season Premiere do que em toda a temporada passada. Brincadeiras a parte, o que a criatura tinha de desinteressante ela tinha de perigosa, por isso achei bem “fail” ele morrer agora, seria melhor se ele tivesse durado por mais alguns episódios até Nick (ou Kelly) derrotá-lo.

Fomos apresentado a nova mitologia da série, aquela dos mapa-chaves que pertenciam aos cavaleiros que lutaram pelas famílias reais em uma Cruzada, e isso me deixou bastante interessado em saber como isso será desenvolvido daqui pra frente, afinal pode ser algo que dure várias temporadas, como pode ser algo que acabe ainda nessa temporada. Independentemente de como for feita, espero que não seja tão rápido que pareça algo sem importância, nem lento o bastante para ser enrolação.

Um dos cliffhangers da temporada passada foi o estado de Juliette que, pelo que entendi, estava em um processo de definhamento cerebral e poderia resultar em perda de memória e outras sequelas. Em nenhum momento passou pela minha mente que ela seria a Bela Adormecida da série e estou até envergonhado de não ter conseguido perceber algo tão óbvio antes da abertura de The Kiss. E qual é o único jeito de acordar a Bela Adormecida? Com o beijo do príncipe é claro, e nesse caso do príncipe Rennard que só pode salvá-la depois de tomar uma coisa (líquida? sólida? pastosa? cremosa?) que a mãe de Adalind fez para ele. E o que aquela mistura fez com ele? Bloqueou o lado Wesen? Se sim, por quanto tempo? Se não, o que realmente ela fez? Embora esteja com um pressentimento de que não explicarão o que aconteceu, espero que isso aconteça.

Mas a nossa Bela Adormecida não acordou sã e salva, ela perdeu a memória. Bom, não sabemos se ela perdeu a memória totalmente ou parcialmente, mas uma coisa é fato: ela não se lembra de Nick. Do que será que ela se lembra? Será que ela se lembra de Monroe, Hank e dos outros? Ou será que ela só se lembra do que aconteceu antes de conhecê-lo? Sentirá alguma paixão por Rennard (o que já deixaria a “identidade secreta” do Capitão abalada)? Qualquer uma dessas variáveis são bastante curiosas e podem elevar bastante o nível da série se forem bem aproveitadas.

Depois de uma fraca 1ª temporada, a NBC apostou pesado nessa nova temporada da série e está cumprindo o relativamente bem o que prometeu, só faço votos de que continue cumprindo por um bom tempo.

Observações:

– Ao contrário de muita gente, não gostei da nova abertura da série;
– Sei que a review foi bem meia boca, mas prometo que farei uma bem melhor para o 3º episódio da temporada, melhor mesmo.

EM TEMPO: Essa review foi feita sem eu ter visto o episódio 3 ou algum spoiler relacionado ao mesmo

Anúncios

Um comentário sobre “Review: Grimm 2×01/02 – Bad Teeth [Season Premiere] / The Kiss

  1. Pingback: Review: Grimm 2×03 – Bad Moon Rising | MovieMusicTv

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s