Review: Sleepy Hollow 2×14/15 – Kali Yuga / Spellcaster

 

SH 14Sleepy Hollow ainda tem salvação?

Desde o início da temporada eu venho dizendo aqui que, mesmo continuando com certa qualidade, a segunda temporada da série estava deixando a desejar em relação à primeira, o que era um tanto decepcionante, mas nada importante o bastante para fazer com que eu desgostasse da série ou até mesmo deixar de esperar ansiosamente por cada episódio. Pois bem, eis que chegamos à reta final da temporada e pra somar com o fator “deixou a desejar” temos um episódio ridículo, incoerente e que parece ter sido exibido fora de ordem, e outro que apesar de bom nos mostra o quanto faltou de desenvolvimento nessa temporada.

Em Kali Yuga o foco do episódio foi Hawley e seu passado, o que normalmente é válido, porém se mostra um erro primário aqui por dois motivos. O primeiro é que Hawley pode até ser querido entre os fãs (certamente não é um dos meus personagens prediletos), mesmo assim seria necessário estabelecê-lo emocionalmente para sugerir qualquer conflito anterior e como não sabemos quem é Hawley emocionalmente, não faz sentido algum tentar algo desse estilo agora. O segundo motivo é algo simples e óbvio, mas não menos preocupante: a péssima construção do roteiro.

Acho que desde o início da série eu nunca vi algo tão mal escrito quanto esse episódio. Tirando qualquer momento Ichabbie, o roteiro tinha preguiça de criar qualquer coisa minimamente interessante para o episódio. Fosse a criatura, fosse Hawley e sua relação com aqueles que o rodeiam ou até mesmo Irving e toda a sua trama de ressurreição, tudo era abordado da forma mais rasa e pobre possível, e isso nem é o pior do roteiro!

Durante o 2×08, o caso da criatura que via os segredos mais profundos no coração de sua vítima, foi explicitado que Hawley sentia algo por Abbie e parecia que dali iria surgir uma relação mais íntima entre os dois. Agora nos encontramos em uma situação onde, aparentemente, Jenny e Hawley têm uma espécie de relacionamento mais profundo do que o flerte bobo que vimos algumas vezes e ainda por cima Hawley não demonstra absolutamente NENHUM interesse em Abbie. Ele não parece estar minimamente arrependido de tê-la passado pra trás e sequer há uma sugestão de que ele continua tendo algum interesse em Abbie. A coerência e a continuidade mandaram abraços aos roteiristas desse episódio.

Voltando a falar de Irving, toda a trama dele nesse episódio foi tão deslocada que até a falta do seu reflexo (seria ele um vampiro?) no final do episódio não gerou o impacto que deveria. No fim das contas, não é como se a gente realmente necessitasse de uma reafirmação de que algo está errado com esse retorno dele à vida.

Se Kali Yuga foi um teste sobre a paciência do espectador com a série, Spellcaster serviu para tentar amenizar esse efeito. Focado na chegada de Solomon Kent (não é uma mistura de Solomon Kane com o Superman, eu juro!), o episódio serviu para finalmente nos nortear após a season finale adiantada do 2×11, e já estava mais que na hora, não é? O caso aqui, apesar de ser bem melhor construído e bem mais interessante que o do episódio anterior, serviu mais como pano de fundo para o que realmente importa do que qualquer outra coisa, portanto o deixarei de lado para prosseguir com o que mais importa.

Embora eu tenha visto muitas reclamações sobre o fato de o episódio dar bastante importância para Katrina, seja porque ela é uma personagem pouco querida ou porque achem que o seu plot não tenha futuro, eu fiquei satisfeito ao ver a série voltar a dar atenção à personagem, principalmente porque é de fato em relação a ela mesma e não a alguma de suas relações com os outros personagens. Desde o início na série eu tenho achado que seu potencial como bruxa vem sido bastante desperdiçado, então fico feliz de vê-los apostando em alguma modificação nesse cenário, mesmo que seja algo bem pouco criativo como ir para o lado negro da força. Só torço para que o desenvolvimento disso me surpreenda.

Com um arco desnecessário no episódio passado, Irving precisou de outros 40 minutos para finalmente estabelecer de qual lado está. Não que isso fosse um mistério, já que estava bem claro que ele não estava nem um pouco do lado de Abbie e Ichabod, mas ainda assim foi bom ver os roteiristas pararem de tratar isso como se fosse o mistério mais instigante do mundo. Se o fato de ele ter enganado Abbie e Ichabod poderia ainda soar como certa proteção, a cena do encontro dele com Henry deixa bem claro que o ex-Capitão não tem mais chances de retornar ao lado das Testemunhas.

Falando desse encontro, depois que Henry destruiu Moloch eu jurava que a série correria para fazer com que ele fosse para o lado de Katrina e criasse outro grande vilão para aterrorizar o nosso planeta, então fiquei levemente surpreso ao ver que Henry assumirá esse posto de grande vilão, mesmo com Noble conseguindo convencer com o seu personagem em qualquer momento. Aliás, um momento que devo destacar é a conversa que ele teve com o garoto naquele hotel, onde vimos claramente que ele nutre algum bom sentimento (na medida do possível) por Katrina e que continua com ódio de Ichabod o que é uma dinâmica interessante por si só e ainda poderá entrar de encontro com o fato de Katrina estar usando magia negra. Será que ao invés de Henry ter que escolher entre o Mal e o Bem, quem fará essa escolha é Katrina? Não seria uma escolha criativa, porém é mais sensata do que trazer Henry para o lado do Bem.

Após tudo isso, é triste constatar que uma série que sempre me atraiu por sua criatividade e pelo bom desenvolvimento estar sendo derrubada principalmente por esses dois fatores. Estamos chegando ao fim da temporada e são poucos os momentos que nos fazem disse “isso valeu a pena”. Torço muito para que Sleepy Hollow se recupere nesses episódios restantes, mas está cada vez mais difícil acreditar nisso, infelizmente.

Observações:

– A Xerife ainda vai aparecer ou, como certas coisas nessa temporada, só foi introduzida pra nada?

– Cadê o Cavaleiro Sem Cabeça, gente? Saudades!

– Se o 2×14 fosse só Abbie e Ichabod no karaokê eu estaria completamente satisfeito.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s