Review: Grimm 3×22 – Blond Ambition [Season Finale]

Grimm

Porque casamento movimentado não é apenas em Game of Thrones.

Durante boa parte da temporada esperávamos ansiosamente o casamento de Monroe e Rosalee, e nossas expectativas para a season finale aumentaram exponencialmente após vermos uma sequência incrível de episódios nessa reta final, entretanto, nada (nada mesmo) poderia nos preparar para o que realmente aconteceria no encerramento desta terceira temporada.

Finalmente pondo em prática o plano que combinou com Viktor, Adalind começou a tramoia de retribuir o favor a Nick relembrando a “paixão fervorosa” que ocorreu entre Juliette e Sean na temporada passada, o que prova que os roteiristas não se esquecem tão facilmente de algumas de suas tramas (falarei sobre isso mais tarde). Como esse plano foi “dividido” em três pessoas, falarei de cada uma separadamente.

Começando por Adalind, ela reafirmou aqui que não tem escrúpulo algum quando se trata de conseguir o que quer, só que nesse caso tem um porém: ela não conseguirá o que quer! Apesar de ter feito o que combinou com Viktor, apesar de ter feito uma vingança para um de seus maiores inimigos, a hexenbitch não está indo se encontrar com sua filha, e isso me faz questionar o que acontecerá quando ela chegar em Vienna. Será que Viktor continuará enganando a moça ou logo de cara ele revelará o plano e tentará mantê-la como refém? Será que ela, quando (e se) descobrir que Viktor está enganando-a tentará ajudar Nick ou continuará seguindo com a busca pela filha sem olhar o que deixou para trás? Será que ela realmente chegará a Viktor sem empecilho algum?… Essas são só algumas das perguntas que infelizmente teremos que esperar alguns meses para ter respostas.

Juliette entrou nessa salada de acontecimentos como uma coadjuvante de pouca importância, pois mesmo sabendo da existência do mundo wesen, a Kehrseite-Schlich-Kennen não tinha como interferir ou contribuir consideravelmente com o plano e o que a destacou aqui foi sua reação ao saber da traição de Nick. Posso dizer que eu fiquei surpreso com o que vi, não pelo fato de Juliette ter ficado com raiva, e sim porque ela jogou a culpa toda no fato de ele ser um grimm. Isso tem lá seu fundo de verdade, é claro, porém eu sempre achei que ela aceitava a interferência da natureza de Nick sem muito problema e agora vejo que estava enganado e não tenho mais tanta confiança em uma relação duradoura entre os dois.

Enquanto Adalind e Juliette eram mais ativas quanto à realização desse plano, Sean encontrava-se do lado oposto tentando impedi-lo de se concretizar. Tudo bem que começou como uma busca por Adalind, mas ao descobrir o que de fato ela planejava, tudo se tornou em uma missão: #SaveNick #SaveTheWorld. Pra quem tinha visto a promo dessa finale e sabia que Sean seria baleado, provavelmente estava esperando esse momento durante todo o episódio, mas, mesmo premeditando este acontecimento, acho que todos foram pegos de surpreso pelo momento em si.

Fazendo-nos focar apenas na urgência em salva Nick, quando vemos Sean sendo alvejado nem temos tempo para absorver o choque do momento, pois logo em seguida fomos brindados com um (ótimo) confronto entre Trubel e Weston.  Passado essa ação ininterrupta, comecei a pensar nas consequências desse acontecimento no futuro da série e, embora seja claro que Sean não irá morrer (ao menos não pelos tiros), isso não significa que não haverá uma mudança na realidade do personagem. Desde já penso que isso afetará a carreira dele como Capitão da polícia de Portland, o que pode criar uma dinâmica interessantíssima para a próxima temporada. Consigo ver a inclusão de um novo capitão em Portland e, independente do tipo de ser for esse hipotético novo personagem (humano, wesen, werrat, whatever), esse acréscimo apresentará uma gama interessantíssima de novas possibilidades para o futuro da série.

Paralelo ao desenvolvimento do plano de Adalind, vimos a realização do tão esperado casamento entre Monroe e Rosalee. Misturando momentos inesperados e cômicos (a irmã de Rosalee bebendo demais) com outros românticos e fofos (os pais de Monroe comprando o novo vestido de Rosalee), o episódio ressaltou a forte química desse casal e o quão queridos são ambos. Os dois atores nunca estiveram tão bem juntos e essa relação matrimonial tem tudo para ser uma das melhores coisas da próxima temporada.

Mas não foi só de doçura e diversão que esse casamento foi feito, pois após Trubel matar aquele que atirou em Sean, esta se dirigiu ao evento pensando apenas em entregar para Nick o antídoto do que Adalind fez com ele. Se os minutos que precederam esse encontro foram tensos, o momento em si foi mais tenso ainda. O fato de ver Nick perder seus poderes, somado ao fato de ver os convidados do casamento reconhecendo a verdadeira natureza de Trubel, imprimiu à sequência um nível de tensão e carga dramática tão grande que acho correto afirmar que a série nunca havia atingido algo nesse patamar, pois mesmo quando surgiam cenas tensas elas vinham misturadas com uma comicidade e não com uma dramaticidade.

Sobre a perda de poderes de Nick, a não ser que os produtores apostem numa virada espetacular e inimaginável na série e tornarem Trubel a protagonista da mesma (algo que é tão impossível quanto separarem Monroe e Rosalee), acho que ele não demorará muito para recuperá-los. Minha única objeção com esta aposta arriscada é a de que a recuperação dos poderes seja fácil e/ou simples demais, porque seria bom tornar Nick um personagem frágil e desprotegido, mesmo que seja apenas por alguns episódios apenas para desenvolver o personagem em uma situação desse estilo.

Por último, mas não menos importante, deixei para falar do sargento Wu, que viu a figura do Aswang desenhada no livro quando foi investigar o que aconteceu com Sean. Fiquei bastante contrariado quando vi que a Scooby Gang decidiu não contar a ele sobre a verdade, portanto posso dizer que “vibrei” ao vê-lo pegar o livro. Claro que ainda há a possibilidade de ver o grupo contando uma mentira qualquer (e provavelmente esfarrapada) só para deixar Wu no escuro, no entanto não acredito que o roteiro tomará essa preguiçosa escolha novamente e não ficaria surpreso caso o personagem entrasse na Scooby Gang de vez.

Mesmo terminando essa ótima temporada com um incrível episódio, ao fazer um balanço do que vimos nessa temporada existe uma coisa que me incomoda: o desenvolvimento de Nick. No início dessa temporada começamos com um Nick “zumbi” ainda se recuperando do ataque do Cracher-Mortel e sendo o protagonista inquestionável da série, mas aí o tempo foi passando, Nick foi colocado em escanteio e cada personagem (menos Hank) virava o protagonista de um ou outro episódio enquanto a trama da “zumbificação” foi completamente esquecida. Isso me faz ter algumas dúvidas quanto ao futuro da série (será se eles realmente têm ideia de como desenvolverão Nick? Será que o fato de Nick ter virado um zumbi ainda será aproveitado pela série? Etc.), porém nada que retire completamente a minha confiança deste produto, ainda que me deixe um tanto alarmado quando o assunto é o grimm (ou ex-grimm, no caso).

Ainda que isso me desagrade, o saldo da temporada continua sendo positivo, pois se a série falhou ao desenvolver seu protagonista, este único erro condenável não é o bastante para apagar o brilho das incríveis construções dos casos da semana, do avanço da mitologia que vimos, da ousadia que crescia a cada episódio… Enfim, do visível e impressionante crescimento que Grimm teve ao longo de seu terceiro ano. Espero que continue com essa evolução e que a próxima temporada seja ainda melhor do que esta.

Observações:
– Bud \o/
– Quero Nick passando por um processo semelhante ao que Adalind passou no início dessa temporada U_U
– Obrigado a todos vocês que acompanharam as reviews e os espero na quarta temporada. Até lá!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s