Review: The Voice 6×21/22 – Live Top 8 Perfomances / Live Eliminations

The Voice - Season 6

Decisões estúpidas, decisões estúpidas everywhere.

Que essa edição do reality musical da NBC está sofrendo com uma série de decisões erradas não é novidade para ninguém. No entanto, ainda surpreende a capacidade da produção, dos coaches e do público de continuarem errando, semana após semana. E aqui não foi diferente, tivemos Adam pintando o cabelo escolhendo uma péssima song choice para Delvin apenas para ajudar Kat (e olha que amo Kat e acho que Delvin já está fazendo hora extra no programa), o público novamente ignorando as performances e salvando alguém só porque é “simpático” e, por último, mas não menos impactante, a produção decidindo eliminar três candidatos nessa semana.

A temporada está irregular? Sim! A audiência está caindo consideravelmente? Também! Porém nada justifica essa decisão de querer reduzir os lives, que é a fase onde temos mais apresentações memoráveis, apenas para terminar a temporada mais cedo. Isso claramente causaria uma eliminação precoce e injusta, independentemente de quem estivesse no bottom 4.

Antes de falar das performances dos participantes, reservo este parágrafo para comentar as restantes, onde tivemos duas esquecíveis e uma ótima. Para começar, tivemos um dueto entre Blake e Gwen Sebastian (who?) cantando “My Eyes” e que foi tão bom que eu tenho certeza que dormi na metade, depois teve Pharrel com sua música nova e mais uma que passará longe de minha playlist, e para finalizar entrou no palco a adição mais recente à bancada do reality: Gwen Stefani. Pode até ter tido alguns problemas vocais, mas foi uma performance incrível, repleta de energia, e até Pharrel foi melhor aqui do que com sua própria canção! Assim eu fico até ansioso para a próxima temporada (risos). Enfim, vamos falar do que esse top 8 fez essa semana porque é isso o que importa.

Sisaundra Lewis – River Deep, Mountain High (Tina Tuner)

Quando vi a escolha da música pensei que Sisaundra faria a sua melhor performance neste top 8, pois sempre quis ver a cantora interpretando uma música de Tina Turner. Porém o fato de ser o “death spot” do programa jogava contra essas expectativas e me encheu de questionamentos sobre essa performance e, infelizmente, esses questionamentos estavam corretos. Nem a extrema competência vocal de Sisaundra foi capaz de salvar essa apresentação de soar datada, chata e loooooongaaaa. Teve um momento em que eu achei que morreria e essa apresentação não acabaria! Uma pena ela ter vindo de sua melhor semana para a pior.

PS: acho que a mãe dela deu má sorte, porque não é possível!

Nota: 6,0

Josh Kaufman – I Can’t Make You Love Me (Bon Iver)

Depois de uma ótima candidata fazer algo semelhante a um desastre, devo dizer que temi por ver Josh logo em seguida e me perguntei: “…Será?”. Ao contrário da sua concorrente, Josh não decepcionou, muito pelo contrário, me surpreendeu bastante e teve seu melhor momento no programa! Eu não apenas escutei ou admirei a interpretação de Kaufman, eu a senti. Cada palavra que saia de sua boca ganhava uma vida, uma alma, e isso é algo que poucas pessoas conseguem fazer. Já divide o posto de melhor performance da temporada junto com “Paris (Ooh La La)”. Palmas para Kaufman e já posso afirmar que o espero, no mínimo, na final.

Nota: 9,5

Kat Perkins – Get Lucky (Daft Punk)

Após provar que nem deveria ter pisado no bottom na semana passada, Kat precisava entregar algo incrível para quebrar a maldição do #VoiceSave, e ela o fez. Alguém piscou durante a apresentação de Kat? Eu não consegui nem respirar, quanto mais piscar! Repleta de energia e atitude, a rocker mostrou que está sendo subestimada pelo público e que merece permanecer no programa até a final. A única ressalva que tenho a fazer é a falta de dinâmica, pois ela começou numa região alta e lá ficou (o que deve ter soado como uma interpretação “gritada” para alguns), mas o que é isso diante do que vimos, não é?

Nota: 9,0

Kristen Merlin – I Drive Your Truck (Lee Brice)

Indo direto ao ponto, essa foi a pior apresentação (que vimos) de Kristen Merlin. Os vocais falharam muito, e quando não falhavam as notas não encontravam o lugar correto, a própria canção pouco ajudava, porém ela sabe como deixar o coração no palco em todas as performances e, por isso, seu saldo aqui é positivo.

Nota: 7,0

Delvin Choice – I Believe I Can Fly (R. Kelly)

Como disse no início da review, estava claro que essa escolha era para prejudicar Delvin e ajudar Kat a quebrar o estigma do #VoiceSave, e só por isso eu já estava sentindo alguma simpatia por Delvin, contudo ele não dependeu da minha simpatia e entregou uma performance bem competente. Sim, foi algo datado e que lembrou o que Sisaundra fez ao abrir o episódio, mas ao contrário da concorrente, a competência de Delvin conseguiu contornar os problemas e fez com que essa apresentação ficasse com um saldo maior do que eu pensava inicialmente.

Nota: 7,0

Audra McLaughlin – Forgive (Rebecca Lynn Howard)

Não tenho nada de bom para falar de Audra essa semana, nem de ruim também. Foi competente e morna, só. A única coisa que me chamou a atenção foi ela, ao final da canção, sair de uma região baixíssima e ir para uma nota bastante alta de um segundo para o outro, o que resultou numa expressão minha que é semelhante à do mene abaixo.

Nota: 6,5

Jake Worthington – Hillbily Deluxe (Brooks & Dunn)

Na review passada eu disse que não mudaria o meu comentário até Jake mudar suas performances, correto? Bom, ele mudou sim, contudo, a mudança ficou só ritmo da canção, pois a incompetência continua a mesma. Não consegue atingir uma nota alta sequer (e ele tentou muito aqui), uma interpretação sem vida, sem destaque, sem qualquer coisa que me faça lembrar que ele ainda está no programa. Só foi mais uma confirmação de que ele merecia ter saído no top 12.

Nota: 5,5

Christina Grimmie – How To Love (Lil’ Wayne)

Primeiro: como você é criativo, Adam! Segundo: sim Adam, nós sabemos que a música está no iTunes e que a versão da Grimmie é única. Por último: porque ela tentou levar o pedestal-lâmpada quando desceu a escada? Falando da apresentação em si, apesar de perder pontos por copiar a proposta da semana passada, senti mais entrega da Grimmie aqui do que em “Hold On, We’re Going Home” (o que é contraditório, visto que a música de Drake foi uma escolha dela) e até os vocais estavam mais competentes, fazendo a presença da youtube star no top5 algo obrigatório.

PS: Aparentemente ela estava com problemas de garganta, e isso não refletiu em nada durante minha avaliação porque não sou obrigado.

Nota: 8,5

Com o fim das performances do top 8, o ranking fica assim (posição do iTunes entre parênteses):

Josh – 9,5 (#2)
Kat – 9,0 (#14)
Christina – 8,5 (#5)
Kristen – 7,0 (#29)
Delvin – 7,0 (#41)
Audra – 6,5 (#61)
Sisaundra – 6,0 (#72)
Jake – 5,5 (#21)

O itunes e eu, em geral, estamos de acordo essa semana. Para mim era obrigatório o salvamento de Josh, Kat e Grimmie, com a vaga restante sendo disputada entre Kristen e Delvin, e o iTunes parecia indicar o mesmo, só colocando Jake (hein?!) no lugar de Delvin.  Isso me fez até questionar se todas as decisões estúpidas  seriam perdoadas por um resultado finalmente justo, fora que Kat parecia estar no rumo de finalmente quebrar a maldição do #VoiceSave.

LIVE ELIMINATIONS

O programa de eliminações trouxe algo que eu estava esperando ver a algum tempo: performance entre os candidatos.  Audra, Jake, Kristen e Kat (?!?!)cantando “Chainsaw” (“Motosserra”, o que reflete o fim da noite) de The Band Perry, o que vimos foi Kat engolindo todos os outros enquanto estava fora de sua “zona de conforto”, isso se essa mulher tiver alguma zona de conforto, pois acho que ela pode cantar samba, MPB, forró e mandar bem da mesma forma. Já Delvin, Sisaundra, Josh e Christina cantaram “Latch” de Sam Smith e já quero essa versão na minha mesa para ontem!

Chegando aos resultados, o primeiro salvo foi Josh Kaufman, que nunca esteve em perigo. Depois Kristen foi salva e vimos uma reação de Shaki que lembrou aquela da season 4, mas em menos grau. Para manter o suspense, Grimmie também garantiu seu lugar no top 5 sem surpresas. Agora era só salvar Kat para termos o primeiro resultado justo desde o início dessa temporada, no entanto os estadunidenses acham que já tivemos justiças por demais e colocaram Jake no top 5. Sem comentários para essa estupidez que não cessa.

bottom 4 estava formado por Audra, Delvin, Kat e Sisaundra, e eu não tinha a menor ideia de quem eu salvaria daqui. Audra estava fora de questão; Delvin foi injustiçado pelo seu coach, o que me despertou certa revolta; Sisaundra fez a sua pior performance essa semana, mas é uma cantora e tanto; Kat pela segunda semana seguida vai para um bottom injustamente e boicotada, pois o iTunes a mostrava como “salva” em ambas as semanas. Dessa forma eu inicialmente estava entre Kat e Sisaundra, e estava esperando as performances para tomar uma decisão final.

Seguem as performances do “Sing For Your Life” (a.k.a. Last Chance Performance) em ordem crescente de qualidade.

Delvin Choice – Young Girls (Bruno Mars)

Assim não dá, Delvin. Estava até esperando que o candidato saísse com o mínimo de dignidade, mas ele vem e entrega sua pior performance desde o início dos lives! Esta talvez tenha sido a única apresentação de um bottom (junto com a de T.J.) que realmente tinha cara de ser um dos piores candidatos da semana.

Audra McLaughlin – Done (The Band Perry)

Não chegou nem perto do que Stephanie e Olivia fizeram na temporada passada, e eu nem esperava isso, porém foi a performance onde eu mais vi Audra entregue e a única onde eu realmente consegui enxergar a artista que Audra é.

Sisaundra Lewis – (You Make Me Feel Like) A Natural Woman [Aretha Franklin]

Por que ela não cantou isso na segunda? Essa interpretação ressaltou o que Sisaundra mostrou durante toda essa temporada: qualidade vocal única, domínio de palco inquestionável, segurança no que está fazendo… É uma pena saber que estávamos perto de perder uma cantora como essa para que alguém como Jake Worthington permanecesse no programa.

Kat Perkins – Barracuda (Heart)

E mais uma vez Kat se entrega maravilhosamente a uma interpretação de uma música consagrada e agora eu consigo compreender por que o público estadunidense não vota nela: eles a querem no bottom só para poder ver mais performances como essa! Brincadeiras a parte, Kat não merece estar passando por isso novamente e sua eliminação não era algo a se cogitar essa semana.

#VoiceSave: quebrando a maldição, ela, linda, maravilhosa, gata (a wild trocadilho infame appears)… Kat Perkins! Eu só poderia ficar mais satisfeito se Jake não estivesse poluindo o top 5. Sendo assim Delvin e Audra dão um adeus tardio à competição enquanto Sisaundra nos entristece com sua saída precoce.

Top 5 formado e o ranking fica assim:

Kat – 35,0
Josh – 34,0
Christina -34,0
Kristen – 31,0
Jake – 23,0

ELIMINADOS:
Sisaundra – 32,0
Delvin – 27,5
Audra – 27,0

Com um top 5 mais justo do que eu esperava (embora a presença de Jake ainda me incomode muito), a temporada caminha para uma redenção neste final, e mesmo que não apague de nossa memória a festa de decisões erradas que vimos durante todo este tempo, pelo menos teremos uma conclusão satisfatória.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s