Review: The Voice 6×19/20 – Live Top 10 Perfomances / Live Eliminations

TV 6x19

Season 4, is that you?

Deixando as reclamações sobre as eliminações dessa semana mais pra frente, vamos focar primeiramente no déjà vu que tivemos essa semana e falar sobre o porquê de chegarmos a um top 8 com os times de Adam e Blake intactos enquanto os times de Shakira e Usher possuem apenas um integrante.

Se me dissessem, antes dos playoffs começarem, que essa situação aconteceria novamente eu diria que a pessoa estava louca, já que os times de Shakira e Usher eram consideravelmente fortes e disputavam acirradamente com os dos seus companheiros de bancada. Mas eis que os lives chegaram e o público provou que Usher e Shakira vão ter que lutar e muito para sobreviverem à competição até o final. Houveram vários comentários dizendo que isso se deve às song choices erradas de Usher e às decisões “erradas” de Shakira nas fases anteriores, o que me faz questionar o porquê do público ser tão cego quanto aos outros dois coaches, porque tanto Blake quanto Adam cometeram erros consideráveis como dar péssimas song choices para seus candidatos ou como eliminar um de seus melhores candidatos em um momento de loucura.

Não estou dizendo que isso deva ser levado em questão agora, mas é algo curioso saber que o público leva o histórico em questão quando se trata do time dos “novatos” e não fazem isso também com os times dos “veteranos”. Dito isso, vamos às apresentações dessa semana que elevaram um pouco o nível em relação ao que vimos na semana passada.

Rixton Me And My Broken Heart (Rixton)

Não tenho ideia do por que eles continuam no programa! Juro que me lembrei mais da performance do Jake do que da performance deles. Brincadeiras à parte, alguém gostou disso? Porque eu cansei antes de o primeiro refrão terminar…

Nota: Achei ruim, por isso nota 9.

Kat PerkinsLandslide (Fleetwood Mac)

Adotando a estratégia de Kristen na semana passada, Kat cantou uma música do mesmo artista que fez um cover na sua blind audition, porém não obteve o mesmo sucesso da cantora country. Mesmo sem levar em conta a falha no microfone na semana passada, Kristen fez uma performance bem mais memorável do que em sua blind, já Kat, apesar de ter feito tudo o que podia com a música, fez uma performance que ficou bem atrás do que ela apresentou em sua ótima blind, fazendo com que essa tenha se tornado a sua 2ª apresentação menos expressiva no programa (na frente apenas de “Suddenly I See”). Comparações à parte, sua interpretação foi tão emocional e tão tecnicamente admirável quanto podia ser, portanto aplaudo seu trabalho aqui.

Nota: 8,0

Tess BoyerAin’t It Fun (Paramore)

Correndo o risco de despertar a ira dos fãs de Stopmais (nome científico de “Paramore”), a música escolhida pouco permitia à candidata fazer um trabalho memorável, e mesmo assim Tess fez um ótimo trabalho e bem mais respeitável do que Hayley com essa canção. Enquanto a voz da vocalista da banda muitas vezes ficava ou abaixo ou acima do tom da música, Tess conseguiu adaptar perfeitamente sua voz ao que a canção exigia. A prova disso é que suas transições entre as notas altas e baixas foram bastante orgânicas e conseguiram transmitir o espírito da canção com mais eficiência do que a interpretação original. Dá para acreditar que era essa a cantora que estava no bottom 3 injustamente na semana passada?

PS: Tive que rever a performance algumas vezes para me concentrar em outra coisa que não fosse as pernas de Tess. Quero dizer, aquelas pernas são um show à parte, né gente?

Nota: 8,5

Audra McLaughlinYou Lie (Reba)

Vocalmente falando, este foi o trabalho mais competente que Audra entregou desde o início do programa e ela merece pontos por isso, mas emocionalmente falando foi o mais exagerado e forçado dela até agora. Ao invés de se esforçar para transmitir alguma coisa, a cantora se forçou a sentir uma emoção, o que fez com que todo o seu esforço técnico quase fosse comprometido pela interpretação superficial. Torço para que Blake consiga treina-la a ponto de fazer com que essa deficiência seja, no mínimo, reduzida. No entanto, talvez eu esteja sonhando alto demais e já seja tarde para fazer qualquer mudança em relação a esse aspecto.

Nota: 7,0

Josh KaufmanThis Is It (Kenny Loggins)

Eu sou fã do Josh e ele é uma das pessoas que eu mais espero para ver toda a semana, mas aí vem Usher e escolhe uma música limitada e datada para o seu frontrunner. Estaria o coach querendo testar a popularidade ou o talento de Josh entregando essa música para o candidato? Seja como for, Kaufman mostrou que é talentosíssimo ao conseguir entregar uma apresentação bem mais digna do que eu esperava e provou mais uma vez que é um dos melhores candidatos na competição. É melhor Usher tomar cuidado com as próximas escolhas, porque se não o fizer, presenciaremos uma eliminação precoce nas próximas semanas.

Nota: 7,5

Christina GrimmieHold On, We’re Going Home (Drake)

Contrariando aquela que a levoram ao top 10 do iTunes, devo dizer que a performance de Grimmie me decepcionou um pouco essa semana. Esta apresentação pedia mais emoção do que técnica, correto? Então porque Grimmie não privilegiou ao menos uma vez a emoção em detrimento das notas impecáveis (que nem foram tão impecáveis assim dessa vez, vale ressaltar)? Foi por essa sensação de pouca entrega que o resultado final de sua interpretação, ainda que bastante competente, ficou abaixo do que eu esperava e nem de longe mereceu todo o hype que teve.

Nota: 8,0

Jake WorthingtonRun (George Strait)

Releiam o meu comentário da semana passada, retirem o trecho “foi ruim” e terá o mesmo comentário que eu faria essa semana. Enquanto Jake não mudar um pouco não me darei ao trabalho de escrever algo novo sobre ele.

Nota: 6,0

Bria KellyI’m With You (Avril Lavigne)

Bria fez uma das melhores blinds do programa, disso poucos discordam, e mesmo não tendo recuperado o nível da performance que fez inicialmente, suas apresentações antes dos lives eram bastante dignas. Contudo, os lives chegaram e algo aconteceu, ou melhor, Usher aconteceu. A cantora desde então não conseguiu entregar uma interpretação que fosse, no mínimo, regular e I’m With You não foi exceção. Apesar de estar visivelmente entregue emocionalmente, Bria errou o tom várias vezes, fazendo desta uma performance bastante ruim. Acho que nunca vi uma frontrunner cair tanto de nível quanto ela.

PS: Quando você não recebe nenhum comentário positivo sobre o que fez no palco, está claro que algo está errado.

Nota: 5,5

Delvin ChoiceBright Lights (Gary Clark Jr.)

Fui apenas eu que não dormi pela primeira vez em uma performance do Delvin? O cantor sempre foi genérico e competente, e só tinha conseguido chamar a atenção com Signed, Sealed, Delivered, I’m Yours, mas aí ele vem e entrega uma performance repleta de energia e nos faz esquecer por um momento que ele é o mestre de apresentações datadas e sem vida. Depois do que vimos, Delvin não merece a eliminação essa semana.

Nota: 7,5

Kristen MerlinLet Her Go (Passenger)

Quando vi que Kristen iria cantar essa música achei que iria dar Merlin (RÁ!) e que a cantora só iria ser salva por algum motivo obscuro, porém eu estava enganadíssimo e ela fez um bom trabalho. Mudando o arranjo para algo mais próximo do country, Kristen esbanjou uma mistura deliciosa de emoção e técnica e conseguiu fazer um trabalho respeitável o bastante para leva-la ao top 8 sem problemas.

PS: Vocês também estavam esperando o microfone falhar que eu sei!
PS²: Como vocês podem perceber, a produção está boicotando Kristen e não disponibilizou o seu vídeo para nós. Clique na imagem para ver o vídeo.

Nota: 8,0

Sisaundra Lewis Oh Sherrie (Steve Perry)

Foi o BLAKE SHELTON que escolheu essa música? Quero dizer, o BLAKE SHELTON mesmo? O que fizeram com o Blake original, gente? Não estou reclamando não, pelo contrário, nem de longe eu esperava essa escolha para Sisaundra e muito menos esperava o show que viria a seguir. Até quem diz que a cantora só grita (algo que não é verdade nem de longe) deve levar em consideração que esta foi uma performance incrível! Domínio completo de palco, acertou todas as notas que queria, levantou o público… Enfim, ela destruiu tudo ali e só não dou a nota máxima porque sou um tanto chato para isso.

Nota: 9,5

A noite termina e o ranking fica assim (posições do iTunes entre parênteses):

Sisaundra – 9,5 (#65)
Tess – 8,5 (#151)
Christina – 8,0 (#4)
Kat – 8,0 (#33)
Kristen – 8,0 (#16)
Josh – 7,5 (#34)
Delvin – 7,5 (#74)
Audra – 7,0 (#29)
Jake – 6,0 (#37)
Bria – 5,5 (#124)

Com o aumento no nível das performances ficou um pouco mais difícil saber quem mereceria figurar no bottom 3, mas mesmo assim Audra, Bria e Jake estariam lá se houvesse alguma justiça nesse mundo.  Contudo o iTunes mostra que não há justiça e que Tess estaria injustamente lá de novo, dessa vez acompanhada por Bria, que definitivamente mereceria uma presença no bottom, e por outra pessoa que provavelmente seria Delvin ou Sisaundra (!!!). Aparentemente Audra e Jake continuariam na competição em detrimento de candidatos melhores que eles.

LIVE ELIMINATIONS

Contando com apresentações bem mais dignas dos que as da semana passada, a noite dos resultados trouxe o #TeamUsher  com uma boa apresentação “Always On The Run”, que poderia ter sido facilmente usada para Bria ou Josh na noite de performances, e o #TeamShakira veio com “The One Thing”, que foi mais uma apresentação de Shakira do que conjunta, mas relevaremos porque só serviu para divulgar o single da colombiana.

Indo para os resultados, os primeiros salvos foram Christina Grimmie e Sisaundra Lewis, e a primeira foi sem surpresas, já o salvamento da segunda parecia indicar que Delvin estaria no bottom 3 com Bria e Tess. Após elas, Kristen e Josh garantiram, sem surpresas, suas vagas no top 8. Depois deles, Audra e Delvin foram salvos e eu fiquei bastante tenso, pois tudo parecia indicar que Kat estaria naquele bottom 3, mesmo tendo sido a 4ª pessoa com mais downloads no iTunes. Dito e feito, Jake foi injustamente salvo de novo e bottom estava ocupado por Bria, Kat e Tess.

EM QUE MUNDO KAT E TESS MERECIAM ESTAR NO BOTTOM? Duas das melhores cantoras dessa temporada do programa foram as menos votada dessa semana por motivos completamente sem noção, enquanto pessoas como Audra e Jake se salvam da eliminação semana após semana apenas para tornar essa temporada mais fraca do que ela já está? A prova de que o que estou falando está certo é que, as performances do “Sing for you life” foram bem superiores ao que esses dois já apresentaram no programa até agora (até Bria melhorou!). Vamos falar delas, indo da pior para a melhor.

Bria KellyCrazy On You (Heart)

O lado bom de ver essa apresentação de Bria é saber que aquela cantora que tanto admiramos ainda está lá, o lado ruim é que, infelizmente, era tarde demais para entregar algo que a salvasse da eliminação quando as outras duas cantoras nem mereciam ter pisado neste bottom.

Tess BoyerWho Knew (P!nk)

Essa é uma das minhas músicas prediletas da R0sa, portanto minhas expectativas estavam bastante altas e fiquei um tanto decepcionado com o início bastante baixo, mas aí a apresentação foi passando e Tess evoluiu tanto quanto Ria Eaton em sua audição, fazendo com que a metade final da canção não só recompensasse pelos erros na primeira como ainda conseguisse brilhar tanto a ponto de colocar essa performance à frente da de Bria Kelly.

PS: Shakira implorando para Tess ficar fez um buraco no meu coração, gente :(.

Kat PerkinsParis (Ooh La La) [Grace Potter and the Nocturnals]

DESDE QUANDO ESSA É UMA PERFOMANCE DIGNA DE BOTTOM? Se eu já estava revoltado com a presença da cantora aqui, depois de ver essa performance eu fiquei ainda mais indignado. Kat não apresentou o menor sinal de nervosismo de estar no bottom, entregou uma performance cheia de energia, dominou aquele palco não só com sua presença mas também com sua voz. Essa não foi só a melhor apresentação desse bottom como a melhor de Kat, da semana e, a meu ver, da temporada. Isso serve para ilustrar o quão sem sentido é a presença da cantora aqui.

#VoiceSave: Kat Perkins! Se antes das performances já era difícil não salvar Kat, depois do show que ela deu ficou mais impossível ainda. Sendo assim Tess foi eliminada precoce e injustamente do programa enquanto Bria sai com certa justiça da competição, deixando uma das trajetórias mais irregulares da história do The Voice como legado.

Top 8 formado e o ranking fica assim:

Sisaundra – 26,0
Kat – 26,0
Christina -25,5
Josh – 24,5
Kristen – 24,0
Delvin – 20,5
Audra – 20,5
Jake – 17,5

ELIMINADAS:
Tess – 25,0
Bria – 17,5

Com um resultado mais injusto do que o da semana passada, a sexta temporada do The Voice (ou “The Shevine Show”) está se aproximando cada vez mais da season 4, seja pelos candidatos do #TeamBlake se livrando toda semana das eliminações, seja pelas eliminações de ótimos candidatos em detrimento de outros que nem mereciam estar aí. Vamos torcer para que isso mude e que na próxima semana o público finalmente decida tomar a decisão correta.

PS: Estamos indo para o top8 com dois candidatos rejeitados na temporada passada. Seria isso uma prova da evolução deles? Da burrice do público? Ou do fraco nível da temporada?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s