Primeiras Impressões: Sleepy Hollow

Sleepy Hollow - Primeiras Impressões

Cabeças irão rolar!

Quando começo uma série, evito toda e qualquer informação possível sobre ela, pois ao ver seu piloto quero saber se ela consegue apresentar e sustentar sua trama sem algum apoio de uma informação interior. Com Sleepy Hollow não foi diferente, até ver seu piloto, as únicas coisas que eu sabia sobre ela era que seu nome é homônimo ao filme de Tim Burton e que a história era baseada no mesmo conto.

Fugindo de toda e qualquer informação sobre a série, vejo seu piloto e posso dizer que ela não só cumpriu essa tarefa, como ampliou seu potencial e conseguiu deixar essa trama bem mais atraente do que ela realmente é. E além de apresenta-la, o seu desenvolvimento consegue ser competentíssimo, com alguns erros (como Ichabod se adaptou tão bem ao futuro tão rapidamente?), mas nada tão grave a ponto de estragar a experiência. Aliás, seu desenvolvimento é algo que merece um destaque, poucas vezes em um piloto vi uma trama ser desenvolvida tão bem e tão rapidamente como aqui.

Com ares cinematográficos e com altíssima qualidade técnica e artística, seus 10 primeiros minutos são irretocáveis e conseguem estabelecer um clima de tensão e uma atmosfera de mistério que permanecem até o fim do episódio. Esse início é tão intenso que se você não for fisgado por ele já digo que a série não é pra você.

Um dos maiores trunfos da série encontra-se na sua dupla de protagonistas, pois a série seria um fracasso se a relação entre eles soasse forçada ou algo do tipo. Felizmente, a dinâmica e a química entre os dois funciona imediatamente, e flui tão naturalmente que mesmo uma atitude que possa parecer extrema demais (como Abbie salvar Ichabod da instituição mental) torna-se crível.

Do restante dos personagens podemos mencionar Katrina que mesmo aparecendo pouco já chamou a atenção, assim como o Cavaleiro, que mesmo sem cabeça tem mais expressão que metade do elenco das séries estadunidenses atuais.

Contrariando minhas expectativas de ser um novo “guilty pleasure”, Sleepy Hollow mostrou um ótimo piloto com uma mitologia atraente, uma trama promissora e com uma ótima química entre os protagonistas. Teve leves erros, é verdade (os efeitos, por exemplo), mas nada que não possa prejudicar a série ou que não possa ser consertado daqui pra frente. Já estou ansioso para o próximo episódio

Observações:
– Com a maior audiência de uma estreia de drama da FOX nos últimos 6 anos e com comentários bastante positivos sobre seu piloto, creio que será difícil a série não ganhar, ao mínimo, uma temporada completa;
– Quando Abbie vê o seu parceiro decapitado fiquei com a dúvida se ela iria em direção da cabeça ou do corpo;
– Antes de morrer, Brooks disse que uma guerra está vindo. Será que ele está falando do Cavaleiro “Guerra”?;
– O Cavaleiro usando uma espingarda já é uma das melhores cenas do ano;
– Espero que explorem a trama da adaptação de Ichabod ao futuro, porque senão seria forçar demais essa adaptação instantânea;

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s