Review: Fringe 4×22 – Brave New World: Part 2 [Season Finale]

“Olhei em todos os futuros possíveis, e em todos, o resultado é o mesmo. Você tem que morrer – Observer para Olívia em Back To Were You’ve Never Been (4×08).

Muitos disseram que esse episódio foi ruim, e eu discordo totalmente. Acho que o fato dele ter tido menos ação do que os anteriores, e bem menos do que a Season Finale das outras temporadas, mas isso não o impediu de ser um ótimo episódio.

A cena inicial do episódio me deu uma sensação do tipo “Perdi alguma coisa?”, realmente parecia que Bell e Walter estavam lá, fiquei levemente surpreso quando aquilo se revelou como um visão do novo universo; Aliás, aqueles efeitos foram bastante convincentes, a equipe técnica está de parabéns pelo incrível trabalho. Um detalhe que roubou minha atenção foi o enfoque que o aparelho (que nos mostrou essa visão) recebeu, posso estar errado, mas acho que esse aparelho aparecerá novamente na próxima temporada, já que quando qualquer coisa recebe uma atenção especial das camêras na série, é certo de que ela terá um destaque na série futuramente (como exemplo mais recente, posso citar o bolo com cortexiphan no episódio passado). Para ver o objeto clique aqui.

Na review passada disse que estava com um certo receio do tiro que Astrid levou, então fiquei aliviado ao ver que ela estava viva, e fiquei surpreso ao saber que ela se lembrava de tudo o que tinha acontecido, pensei que ela perderia a memória ou algo assim. Uma pena que depois disso ela só tenha aparecido ao fim do episódio.

Quando vi Jessica Holt de novo, sabia que ela não era apenas uma coadjuvante qualquer, e que tinha alguma relação mais profunda com os acontecimentos do episódio passado, então não foi surpresa saber que ela estava trabalhando com Bell. Mas levanto leves suspeitas para saber se ela trabalha apenas para Bell, afinal como ela sabia daquele símbolo (ou runa)? E aquela arma que ela usou contra o September seria mesmo invenção de Bell? Creio que os outros Observadores estejam por trás disso, sejam apenas com ela ou junto com Bell.

Ainda falando nela, o que foi aquela sequência em que ela “revive”? Os olhos dessincronizados estão me aterrorizando até agora. A cena foi feita com maestria, quando ela veio da primeira vez tudo parecia “normal”, mas na segunda ela começou a falar coisas sem sentido, e juro que até agora estou tentando encontrar algum sentido naquelas frases, mas nada me vem à cabeça.

Nunca passou pela minha cabeça que o motivo de Walter ter pedido para Bell tirar alguns pedaços de seu cérebro (ao menos nessa timeline) era o fato dele ter começado a ter um complexo de Deus e talvez aí resida a diferença entre o Bell dessa timeline e a da original. Talvez na timeline original, Walter não tivesse dito isso a ele, ou simplesmente tivesse outro motivo para fazer o pedido, motivo esse que talvez nunca saberemos.

Quando vi o Glyph Code da semana passada, disse que pensava se referir aos poderes de todas as crianças com o cortexiphan, mas estava enganado, ele realmente se referia apenas a Olívia. Ela evoluiu suas habilidades de uma forma tão inacreditável (a ponto de alguns fãs da série acharem que ela devem entrar para os X-Men), que, além de poder salvar September de balas super rápidas e de causar um curto circuito apenas tocando em uma pessoa, a levou a emitir uma quantidade extraordinária de energia eletromagnética. E isso fazia parte do plano de Bell para criar um novo universo. E falando no plano, alguém aí entendeu como ele usava a energia que Olívia emitia para colapsar os mundos? Eu não entendi e espero que expliquem, pois seria de uma falha tamanha uma série como fringe ter um furo desse justo na Season Finale, mas como temos mais uma temporada pela frente, relevo temporariamente.

O encontro de Olívia e Peter com Bell não poderia ser mais tenso, cada fala dele com Peter, Olívia sem fazer nada contra Bell (até agora acho isso um tanto quanto estranho), e Walter aparentemente quieto. A cada segundo que se passava a cena ficava mais tensa, e quando Walter atirou em Olívia, essa tensão chegou ao seu nível máximo. Confesso que me surpreendi quando ele atirou em Olívia, não esperava por isso, mas ao mesmo tempo fiquei despreocupado, pois pensei no bolo do episódio passado, então sabia que ela seria “curada”. E mesmo despreocupado, foi bastante emocionante a cena em que Walter retira a bala da cabeça de Olívia, e isso é mérito de John Noble, que sempre nos mostra um alto nível de atuação. Falando na bala, acho que seria essa a bala que Henrietta carrega no episódio 4×19, pois elas são bastante semelhantes, como você pode ver por esse e esse print.

E confirmamos a teoria sobre a qual falei na review anterior, a da gravidez de Olívia, mas ela não sabia que estava grávida, e isso deve ter sido uma supresa tanto para ela quando para Peter. Foi uma cena bastante comovente a deles 2, Walter e Astrid no fim do episódio. E durante esse últimos minutos, o episódio ganhou um ar de final feliz, provavelmente porque essa poderia ser a Series Finale, seria bastante triste ver que uma série com um ótimo potencial ter esse fim, embora fosse satisfatório, devido a incerteza da renovação ou do cancelamento. Mas como felizmente não foi o fim, vimos September no fim do episódio falando “Eles estão vindo”, provavelmente referindo-se aos outros observadores que devem dominar a terra futuramente.

A Fringe Division recebeu o apoio do governo dos USA e recebeu també o apoio de Nina Sharp, que, a propósito, finalmente ganhou minha confiança, não que eu não ache que ela ainda esconda algo, mas acho que ela é realmente “do bem”. Será que com esse apoio a Fringe Division trabalhará de forma menos secreta? Seria interessante vê-los sendo reconhecidos nas ruas por terem salvando o mundo de várias catástrofes.

Acho que deu para ver o Observador nesse episódio, mas de qualquer forma, sugiro que repita o final do episódio, onde ele diz “Temos que avisar os outros. Eles estão vindo!”. O último Glyph Code da temporada é PURGE (expurgo/purificar), e acho que está ligado com o fato de Olívia estar “purificada” e não ter mais níveis significantes de cortexiphan no cérebro, e sua ligação com o próximo episódio deve ser o Expurgo, evento mencionado no 4×19, mas não imagino como isso possa ser abordado.

Depois de uma temporada bastante competente, restam apenas 13 episódio para o fim da série. É bastante triste saber que os estadunidenses não apreciaram essa série da forma que deviam, mas se pararmos para pensar, é um “milagre” que a série tenha chegado até sua 5ª temporada. Só nos resta aproveitar os últimos 13 episódio desta série maravilhosa, e torcer para que ela tenha um fim digno.

PS: Créditos de algumas imagens a Camila Barbieri/Série Maníacos;
PS.2: Até agora estou revendo o tapa que Walter deu em Peter;
PS.3: Se esse realmente fosse o final, eu ficaria com raiva dos produtores, pelo simples fato de não terem mostrado a Gene U_U.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s