Review: Supernatural 7×21 – Reading is Fundamental

Apenas uma palavra surgiu na minha cabeça após o fim do episódio: estranho

Não que eu tenha desgostado, foi bom, mas ele foi apressado e esquemático demais (fora o fato de ter sido uma verdadeira mistura de várias coisas) e deixou esse pensamento na minha cabeça, tanto que vi uma segunda vez para poder apreciar melhor o que eu estava vendo. E nesta segunda vez curti muito mais o episódio, e ele quase entrou num top5 da temporada (quase mesmo, ficou em 6º). Na 2ª vez que dirige e roteiriza um episódio da série, Ben Edlund faz um ótimo trabalho, não tão espetacular quanto The Man Who Would Be King (6×20) mas isso é mais por causa da trama fraca dos leviatãs do que dele.

Se na semana passada tínhamos uma das melhores coadjuvantes de toda a história da série, nessa semana vimos um bem ruinzinho, em nenhum momento me imporetei com a trama de Kevin, nem com o próprio personagem. Não precisava ser do mesmo nível de Felicia Day (Charlie), mas que ao menos troxessem um ator simpático.

Então Dick queria um “pergaminho” que continha a “receita” de como destruir leviatãs, que foi escrito por Megatron Metatron, um anjo que roubou a palavra divina durante a Criação. Embora muitas teorias tenham passado pela minha cabeça, nunca pensei nisso, mas acho que uma pessoa normal, que não lê spoilers também não adivinharia isso. Mas ainda tenho umas dúvidas: como Dick conseguiu achar esse pergaminho? Estaria ele seguindo algum padrão nas escavações? Ou ele estava fazendo isso aleatoriamente e teve sorte (óbvio que não. Mas… né?)? Espero que expliquem, mas se não o fizerem, não tem tanta importância.

Alguém entendeu ou tem alguma teoria do porquê Castiel acordou do coma? E porquê ele estava daquele jeito? Não consigo formar uma teoria sequer. Tentaram nos forçar a acreditar que ele acordou por causa dos Winchester tentando descobrir o que havia dentro daquele pedaço de argila, mas isso é semi-impossível de engolir, aliás, quase tudo o que aconteceu por causa daquela pedra é difícil de engolir, com exceção da história de Kevin. Mas achei bastante divertido ver Cass daquela forma (o sobretudo sobre a roupa de paciente me fez rir durante todas suas aparições), embora fosse um tanto forçado.

Não sei se foi impressão minha, mas Meg estava menos redonda neste episódio. Deixando de lado as brincadeiras, acho que o episódio foi dela, desde Nicki Aycox (também conhecida como Meg original), a personagem não me conquistava tanto, fora que torci por ela do início ao fim do episódio, tanto que quando pensei que tinham tirado ela daquele corpo e outro demônio tivesse entrado, fiquei um pouco #chatiado. Mas ainda bem que não tinha sido, e isso ficou claro pra mim a partir da cena em que ela e Cass conversam por telefone. Como foi que ela conseguiu aquela espada? Embora ela tenha dito que “muitos anjos morreram esse ano”, minha convivência com a série me ensinou a não crer em demônios, então acho que ela está com a de Castiel. Mais uma coisa, quando estiver tentando fugir de demônios e anjos, não mate nenhum dos dois, pois isso chama atenção.

Para matar leviatãs você precisa de duas colheres de chá de cebola picada do osso de um mortal justo banhado no sangue de 3 caídos. Isso nos leva a ter algumas teorias de quem poderia ser o mortal justo e os 2 caídos restantes. Sobre o mortal justo, pensei em 4 pessoas: Garth, Rufus (ele morreu mas foi enterrado com todos os ossos intactos, se eu não me engano), Jesse (o anticristo) e Charlie; mas eu realmente não acredito que seja nenhum deles. Sobre os caídos, creio que possam ser Miguel (embora ele só tenha caído de forma literal), Lúcifer, Crowley e o vampiro-alfa, esses dois últimos não estariam por aí se eu não tivesse visto a promo do próximo episódio, mas não creio que abririam a jaula para tirar Lúcifer e Miguel de lá, principalmente pelo fato de que eles não dariam o sangue deles, mas acho que Crowley e o vampiro-alfa seriam dois seriam palpites mais concretos, pois se eles não forem os caídos eles devem ajudar a localizar os outros 2.

Aquele leviatã não me enganou, desde sua aparição na TV sabia que era um ou trabalhava para um leviatã, mas o que me surpreendeu foi eles poderem matar anjos (Rock beats scissor, leviathans beats angels). Embora ele tenha dito essa frase, ainda acho que aquele leviatã seja o Dick e não um leviatã qualquer, pois até agora não vi nada de diferente entre Dick e seus empregados, e talvez isso seja uma das diferenças, mas só saberemos disso no próximo episódio.

Embora o episódio tenha sido uma bagunça/mistura/salada de várias coisas, creio que se você assistir uma segunda vez deve aproveitar melhor o episódio. E só faltam um episódio para a Season Finale, e eu ainda não sei o que esperar dela, a não ser o fato de que será bastante corrida, mas se mesmo em uma temporada fraquíssima como foi a sexta, Supernatural conseguiu fazer uma ótima Season Finale, creio que posso confiar nos roteiristas e acreditar que essa será ótima também.

PS: Pull my finger, Cass seu safadjééénho

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s